Um terço de todo o tráfego do Google é para a primeira página, revela pesquisa

  • Home
  • Um terço de todo o tráfego do Google é para a primeira página, revela pesquisa
Um terço de todo o tráfego do Google é para a primeira página, revela pesquisa

Um terço de todo o tráfego do Google é para a primeira página, revela pesquisa

A Chitika publicidade online confirma que estar em primeiro lugar na página de pesquisas do Google é a melhor maneira de obter mais tráfego. Segundo o estudo o resultados que aparece no topo da lista da busca orgânica do Google recebe 33% do tráfego, já o que aparece na segunda posição recebe cerca de 18% e a partir daí o tráfego só tende a cair.

Um estudo similar realizado pela Chitika em 2010 mostrou efeitos semelhantes aos de 2013, e sugere que os resultados validam a importância do SEO para as empresas com presença online. Em resumo observamos a importância da primeira posição nos resultados da pesquisa do Google e a vantagem dos sites que estão em primeiro em relação aos concorrentes abaixo deles.

Já se analisarmos os números relacionados à visualização das páginas fica claro que a primeira página lidera, com mais de 90%, às demais.

O relatório da Chitika relata ainda que se você está nas primeiras posições, da página 1, você recebe consistentemente mais tráfego que os outros resultados abaixo na pesquisa. Nas páginas 2,3 e 4 o tráfego diminuiu 27%, 11,3% e 5,4% respectivamente, da primeira para a segunda posição.

Para realizar tal estudo, a Chitika analisou dezenas de milhões de impressões de anúncios online onde o usuário era encaminhado para a página através de uma pesquisa do Google. A empresa ainda afirma que a partir de uma URL de referência, o estudo foi capaz de extrair a posição que a página estava na pesquisa realizada anteriormente.

Interpretação de Posicionamento e dados de tráfego

Os rankings usados como indicadores do sucesso de uma campanha de SEO são tão importantes quanto o tráfego que eles trazem. Fato é que esse posicionamento (ranking) muda de um usuário para outro, porém, os dados mostram que as primeiras posições estão sempre ganhando. Em resumo, uma estratégia de marketing não garante a primeira posição sempre, principalmente porque estar em primeiro lugar depende de diversas variáveis, como valor investido, concorrência, localidade, quem é o usuário que está pesquisando, relevância da página para a pesquisa feita, qualidade e performance do site, dentre outras.

A Compete.com lançou um estudo há algum tempo mostrando que 53% dos cliques das pesquisas orgânicas vão para o primeiro link. Vale ressaltar a diferença entre resultados orgânicos e pagos, os primeiros fazem parte do algorítimo do Google para encontrar os sites mais relevantes para a pesquisa do usuário, enquanto o resultados pagos dependem muito de investimento/concorrência.

Já um estudo de 2011 realizado pela Slingshot SEO, mostrou que a primeira posição Orgânica do Google recebeu 18.2% dos cliques, a segunda recebeu 10.05% e a terceira 7.22%, dados diferentes do estudo da Chitika, mas que mostram a enorme diferença entre a primeira e as demais.

Entender o que a primeira posição significa para a sua campanha de SEO em termos de tráfego e conversão é a chave para aumentar o valor desse posicionamento. Assim, estudos como esse podem ser importantes para ensinar aos interessados a traçar estratégias online, por isso, use os dados a seu favor e se precisar de uma consultoria especializada entre em contato conosco.

Aparecer em primeiro no Google é sim muito importante, porém, mais importante do que isso é estar alinhado à estratégia do seu negócio. De nada adianta  ser uma pessoa que vende tênis e simplesmente investir muito dinheiro para estar em primeiro lugar patrocinado para a palavra “tênis”, pois talvez essa palavra não me gere o retorno esperado, uma vez que a pessoa está procurando por esse termo não é uma pessoa que está em um momento bom de conversão. Diferentemente, do que acontece com quem está procurando por “tênis nike para corrida tamanho 42”, que é uma pessoa que sabe o que quer e está mais propícia a comprar.

Mapa de calor

Esse mapa mostra quais são as interações mais comuns dos usuários com a página de pesquisas do Google, que traz à tona uma análise muito interessante para criar uma estratégia de marketing. Obviamente, em consonância com os dados, observamos que os cliques estão mais direcionados para a parte superior da página e, mais do que isso, às primeiras palavras de cada resultado. Quer aparecer no topo das pesquisas do Google? Converse com nossos consultores!

Fontes: http://searchenginewatch.com/article/2276184/No.-1-Position-in-Google-Gets-33-of-Search-Traffic-Study

https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/primeiro-lugar-do-google/

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

loader